16 de março de 2011

Coragem


Eu não me envergonho de corrigir meus erros e mudar as minhas opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender.
(Alexandre Herculano)

Coragem...

Pois é! Segundo a Wikipédia: Coragem é a habilidade de confrontar o medo à dor, o perigo, a incerteza ou intimidação. Pode ser dividida em "coragem física" e "coragem moral". O homem sem temeridade motiva-se a ir mais além. Enfrenta os desafios com confiança e não se preocupa com o pior. O medo pode ser constante, mas o impulso o leva adiante.

Então eu volto a dizer: CORAGEM!

Sim! É isso que nós precisamos para seguir e por em prática o que afirmou Alexandre Herculano no pensamento que trouxe hoje para refletir.

Mudar de opinião, admitir erros, aceitar que não somos donos da verdade. Aprender com quem teoricamente, saberia menos que nós.

Por isso a provocação de hoje!

Sobre abandonar velhos paradigmas. Sobre questionar o que nos é mostrado como verdade absoluta!

Acredite, este é meu desafio aos alunos no primeiro dia de aula! Desafio eles a duvidarem das verdades que apresento para eles, com a condição de trazerem uma verdade.

Isso faz com que parem para pensar. Refletir. Consequentemente, quando fazem isso, estão dispostos a aprender.

Justamente por isso que volto a você Carlos , com o pensamento de Herculano!

Não sinta medo, nem vergonha de admitir, quando for necessário, que se enganou.

Não deixe que sua preocupação sobre o que os outros vão dizer ou pensar, quando se deparar com uma situação assim.

Coragem!

Quando você fizer isso, superar esse tipo de obstáculo. Mudanças surpreendentes irão acontecer em sua vida e no mundo ao seu redor.

Não sinta vergonha de aprender algo novo!

Esta é minha mensagem para você hoje!

Pense nisso...

Um comentário:

Carmem disse...

Carlos...

Força e coragem: duas virtudes com as quais podemos conquistar grandes vitórias...
E a maior delas é a vitória sobre as próprias imperfeições.
A coragem de vencer-se antes que pretender vencer o próximo, de desculpar antes que esperar ser desculpado e de amar apesar das decepções e desencantos, revela o verdadeiro ser humana, o legítimo homem de valor.
Por essa razão a coragem é calma, segura, fonte geradora de equilíbrio que alimenta a vida e nos traz felicidade!...
Obrigada pelo lindo texto...

Beijo