18 de outubro de 2011

Não tome suas decisões com base na decepção...

O segredo da saúde da mente e do corpo está em não lamentar o passado, em não se afligir com o futuro e em não antecipar preocupações; mas está no viver sabiamente e seriamente o presente momento.
Buda Sakyamuni.

Me diga: como você está hoje?

Espero que ao ler esta mensagem eu encontre você muito bem de saúde física, mental e espiritual. E, se por acaso, algo não estiver 100% com você hoje, faça um esforço para encontrar uma solução. Um passo importante é como você toma decisões em sua vida.


Quantas vezes você já decidiu algo importante, embalado pelo calor do momento? Disse um SIM, quando teria falado NÃO, ou um não, se a ocasião pedia um sim.


Pois é, muitas pessoas sofrem consequências desagradáveis e por um longo período em sua vida, quando tomam decisões erradas ou precipitadas, com base em experiências frustradas ou decepcionantes vividas no passado.


Quer um exemplo sobre o que estou falando ?


Você sofre uma decepção com alguém, uma pessoa que você prezava muito ou com quem tem ou teve um relacionamento mais próximo de amizade ou mesmo de afeto. De repente essa pessoa comete um erro com você, digamos, “pisa na bola”.


A partir daquele momento, você decide que não quer mais nenhum contato com essa pessoa e ainda conclui que esse tipo de situação você “nunca” mais quer passar.


Assim, você decidiu tomar uma postura em sua vida, com base na decepção.


Bom, pode ser que momentaneamente você até sinta um conforto com a nova condição. Porém com o tempo, vai enraizar em você um estado de amargura e toda vez que alguém ou situação similar surgir para você. Cria-se um bloqueio instantâneo para evitar viver novamente uma experiência que lembre o passado.


Mas o que fazer nestes casos? Com prevenir-se para não tomar decisão com base na decepção ?


Eu diria que é necessário administrar os seus pensamentos e como eles podem e na prática governam suas atitudes.


Sim, são os seus pensamentos a matéria-prima das suas realizações. Então se você pensa toda vez que alguém com o jeito, comportamento ou atitudes daquelas que causaram aquela decepção em você, se aproximar e você para se proteger e não querer mais “correr” o risco de ser enganado(a), pode ter certeza que estará verdadeiramente criando o ambiente e as condições para repetir o acontecimento decepcionante.


Ah, que dizer então que tenho que aceitar tudo, ser enganado(a) e não fazer nada para mudar?


Não!


Mas permita, que cada novo momento em sua vida, seja diferente. Permita conhecer melhor as intenções das pessoas antes de afastá-las em definitivo ou se recolher em sua própria fortaleza, atrás de muros emocionais.


Como diz um dito popular: “um raio não cai duas vezes no mesmo lugar”. Neste caso faz muito sentido. Mas para fortalecer seu estado emocional, considere que tudo pode ser um aprendizado.


Também saboreie as coisas boas da vida, apesar das possíveis dificuldades que você venha encontrar em seu caminho.


Que tal, agora, quanto tomar uma decisão importante em sua vida, analisar com maiores detalhes, sobre sua responsabilidade, sua vontade e principalmente não tomar qualquer decisão precipitada sem antes ponderar as inúmeras possibilidades.


Pense nisso...

(Sigmar Sabin)

2 comentários:

Anônimo disse...

....adoRei!!!!

maria celly benevides machado disse...

MTO FORTE E REAL,HJ E O QUE MAIS VIVEMOS OU SEJA A DOENÇA DO TEMPO,"PARABENS PELO SEU BLOG!!!!!