24 de outubro de 2011

Evite ansiedade vivendo com prazer hoje...

Só sente ansiedade pelo futuro aquele cujo presente é vazio.
Sêneca.


Sentir-se ansioso faz parte do nosso cotidiano moderno, onde momentos de verdadeiro relaxamento e paz interior são raros. Mas, será que precisa ser assim ?

A dificuldade de viver no presente é um dos maiores contribuidores da ansiedade. Desenvolvemos o hábito de viver no momento seguinte, ao invés de estar no aqui e agora.

Observe então: o mecanismo da mente de querer sempre estar no momento seguinte, gera pressa, ansiedade, inquietação interior, aceleração do coração, causando sofrimento. Todo esse stress altera a fisiologia. O corpo produz essa aceleração e a química do cérebro e hormônios são afetados.

Tomar consciência desse mecanismo é o primeiro passo para começar a viver o agora, o que certamente irá contribuir na diminuição da ansiedade.

Toda a vez que sua mente começar a viajar para próxima atividade e você perceber, volte sua atenção para a atividade atual .

Isso vai precisar de disciplina, mas com o tempo você o fará com naturalidade. Pois transformou-se um hábito, policiar-se em relação ao seu estado de ansiedade.

Acredite: sua mente fugirá muitas vezes. Pacientemente, cada vez que você perceber. Volte sua atenção para o presente.

Com o passar do tempo, a mente vai mudando o padrão. Ao invés de viver no futuro e prestar pouca atenção ao presente, ela começar a viver o presente e fazer visitas rápidas ao futuro. Assim a ansiedade diminui. As ações passam a ficar mais eficientes. Pois você estará executando cada tarefa com mais atenção.

Outra forma de sair do presente é quando você começa a pensar de forma preocupada em problemas que tem para resolver .

Isso é totalmente inútil, traz apenas sofrimento e mais ansiedade. O pior é quando acontece na hora de dormir ou no meio da noite quando você deveria fazer nada além de descansar.

Remoer uma discussão também é mais outra forma de sair do presente. Dessa vez, a mente vai para o passado e relembra o que houve. Mesmo sendo um padrão comum à boa parte das pessoas, devemos reconhecer esse mecanismo com uma espécie de doença coletiva!

Uma doença que tem cura, felizmente.

Uma forma de tornar esta atitude mais fácil é fazer seu presente algo prazeroso. Para isso você não precisa de nada extraordinário. Pois, desde a mais simples atividade, como tomar um banho, pode ser algo prazeroso, se você se envolver com os aromas, com a água purificando seu corpo, com a explosão sensorial em você.

Também existem florais que podem ajudar a torna-lo mais presente e envolvido de forma prazerosa com a vida.

Lembre-se de tornar sua vida plena escolhendo o momento atual para ser feliz!

Pense nisso...

(Claudia Malavasi, Terapeuta Floral)



2 comentários:

jade disse...

Parabenizo meu amigo Carlos pelo Bog.
Ótimo conteúdo!

maria celly benevides machado disse...

DESDE QUE COMECEI A TE SEGUIR ,FALO NA GRANDEZA DO SEU BLOG<"PARABENS" O MEU BLOG E SIMPLIS NAO SEI MUITO ,MAS E ELE QUE FAÇO USU ,bjs!!!