26 de abril de 2010

Temas da TV dos anos 60

A Guerra Silenciosa

Fonte: Blog do Moreno


Somente aqueles que conhecem a história da exploração do petróleo, que teve início na segunda metade do século XIX, fazem ideia da batalha mortal que está sendo travada nos bastidores da política brasileira, acerca da descoberta do ouro negro, abaixo da camada de sal. A briga que temos vista na imprensa é mera encenação.
Boa parte das revoltas, guerras, batalhas, revoluções que ocorreram no mundo desde a abertura do primeiro poço de petróleo na Pensilvânia, em 1859, tiveram como causa a luta por esse óleo precioso, que fez a diferença do sucesso ou insucesso entre as nações.
Era o mundo de John Davison Rockfeller - o homem que leu um único livro, a Bíblia - que foi escolhido por Deus, segundo ele, para ganhar dinheiro. Durante mais de 30 anos Rockfeller, com a empresa Standard Oil (Esso), dominou o mundo do petróleo sozinho. Usou de todos os subterfúgios, contou todas as mentiras, cometeu todos os crimes, fez todos os males para tornar-se o rei do petróleo e o homem mais rico de todos os tempos.
O monopólio de Rockfeller durou até o começo do século XX, quando surgiu Henri Deterding, o Napoleão do Petróleo, com a sua Royal Dutch, ou simplesmente Shell, enfrentando o império de Rockfeller mundo afora. A escaramuça dura até hoje. Mas as batalhas mais sangrentas ocorreram na primeira metade do século XX. A quantidade de governos que esses homens derrubaram e criaram: reis, sultões, califas, presidentes, ditadores, chefes tribais, primeiros-ministros chegam a centenas. Tudo pela posse de terrenos petrolíferos, no mar, no gelo, nos pântanos e na selva, do Paraguai, da Romênia, da Pérsia, por todos os lugares, superfícies e países. As grandes batalhas entre capitalismo e comunismo tiveram como razão a luta pelo petróleo.
O planeta ficou coberto de torres, o óleo negro mudou a história do mundo e o pôs sobre rodas, realizando uma revolução sem precedentes. Rockfeller tornou-se lendário por sua perversidade nos negócios. A quantidade de suicídios e assassinatos de acionistas e concorrentes provocado por suas decisões é enorme.
Dois homens dobraram a espinha de Rockfeller: Deterding, da Shell e o presidente Theodore Roosevelt, o homem que criou o império americano. Amaldiçoado pelo mundo, Rockfeller foi carimbado de barão ladrão. Arrependido e cada vez mais rico, resolveu doar quase toda a sua fortuna. Doou, doou, doou até cansar.
O Brasil foi um dos espoliados nessa luta, só vindo participar do jogo a partir de 1953 com a criação da Petrobras, o sonho de Monteiro Lobato. E quase um século depois dos americanos, russos e europeus. O que não impediu que fôssemos atingidos pelo “choque do petróleo” nos anos 70, a quase falência do ocidente provocada pelos sheiks árabes.
No país do Repórter Esso (o Jornal Nacional do passado) e do Prêmio Esso de Jornalismo, não foi estranho ver Lula apressado, Sérgio Cabral chorando, Ibsen Pinheiro blefando, o Rio marchando e o congresso pegando fogo. Essa é a segunda guerra do petróleo no Brasil.
Lembrei-me de que a candidata Dilma Roussef é a toda poderosa de nossas minas e energia e Eike Batista, com suas minas, é um dos homens mais ricos do mundo. Portanto, a forma de adquirir poder não mudou. Quem controla o ouro negro tem o poder.
Hamlet tem razão: “a ambição é a sombra de um sonho”, e o petróleo é essa sombra.
Theófilo Silva é autor do livro A paixão Segundo Shakespeare e articulista da Rádio do Moreno.

16 de abril de 2010

Guilherme Santana

Novo humorista da Trupe da MTV no Jô, a imitação dele do saudoso Zacarias é impagável!
Nao perca essa e...bom final de semana.
Que o seu seja tão ensolarado quanto aparenta o será aqui em Nova Friburgo...inté.

15 de abril de 2010

A reprise de 2006. Agora, como farsa

Deu no blog do jornalista Luiz Carlos Azenha:

Em 2005 e 2006 eu era repórter especial da TV Globo. Tinha salário de executivo de multinacional. Trabalhei na cobertura da crise política envolvendo o governo Lula.
Fui a Goiânia, onde investiguei com uma equipe da emissora o caixa dois do PT no pleito local. Obtivemos as provas necessárias e as reportagens foram ao ar no Jornal Nacional. O assunto morreu mais tarde, quando atingiu o Congresso e descobriu-se que as mesmas fontes financiadoras do PT goiano também tinham irrigado os cofres de outros partidos. Ou seja, a “crise” tornou-se inconveniente.
Mais tarde, já em 2006, houve um pequena revolta de profissionais da Globo paulista contra a cobertura política que atacava o PT mas poupava o PSDB. Mais tarde, alguns dos colegas sairam da emissora, outros ficaram. Na época, como resultado de um encontro interno ficou decidido que deixaríamos de fazer uma cobertura seletiva das capas das revistas semanais.
Funciona assim: a Globo escolhe algumas capas para repercutir, mas esconde outras. Curiosamente e coincidentemente, as capas repercutidas trazem ataques ao governo e ao PT. As capas “esquecidas” podem causar embaraço ao PSDB ou ao DEM. Aquela capa da Caros Amigos sobre o filho que Fernando Henrique Cardoso exilou na Europa, por exemplo, jamais atenderia aos critérios de Ali Kamel, que exerce sobre os profissionais da emissora a mesma vigilância que o cardeal Ratzinger dedicava aos “insubordinados”.
Aquela capa da Caros Amigos, como vimos estava factualmente correta. O filho de FHC só foi “assumido” quando ele estava longe do poder.  Já a capa da Veja sobre os dólares de Fidel Castro para a campanha de Lula mereceu cobertura no Jornal Nacional de sábado, ainda que a denúncia nunca tenha sido comprovada.
Como eu dizia, aos sábados, o Jornal Nacional repercute acriticamente as capas da Veja que trazem denúncias contra o governo Lula e aliados. É o que se chama no meio de “dar pernas” a um assunto, garantir que ele continue repercutindo nos dias seguintes.
Pois bem, no episódio que já narrei aqui no blog, eu fui encarregado de fazer uma reportagem sobre as ambulâncias superfaturadas compradas pelo governo quando José Serra era ministro da Saúde no governo FHC. Havia, em todo o texto, um número embaraçoso para Serra, que concorria ao governo paulista: a maioria das ambulâncias superfaturadas foi comprada quando ele era ministro.
Ainda assim, os chefes da Globo paulista garantiram que a reportagem iria ao ar. Sábado, nada. Segunda, nada. Aparentemente, alguém no Rio decidiu engavetar o assunto. E é essa a base do que tenho denunciado continuamente neste blog: alguns escândalos valem mais que outros, algumas denúncias valem mais que outras, os recursos humanos e técnicos da emissora — vastos, aliás — acabam mobilizados em defesa de certos interesses e para atacar outros.
Nesta campanha eleitoral já tem sido assim: a seletividade nas capas repercutidas foi retomada recentemente, quando a revista Veja fez denúncias contra o tesoureiro do PT. Um colega, ex-Globo, me encontrou e disse: “A fórmula é a mesma. Parece reprise”.
Ou seja, podemos esperar mais do mesmo:
– Sob o argumento de que a emissora está concedendo “tempo igual aos candidatos”, se esconde uma armadilha, no conteúdo do que é dito ou no assunto que é escolhido. Frequentemente, em 2006, era assim: repercutindo um assunto determinado pela chefia, a Globo ouvia três candidatos atacando o governo (Geraldo Alckmin, Heloisa Helena e Cristovam Buarque) e Lula ou um assessor defendendo. Ou seja, era um minuto e meio de ataques e 50 segundos de contraditório.
– O Bom Dia Brasil é reservado a tentar definir a agenda do dia, com ampla liberdade aos comentaristas para trazer à tona assuntos que em tese favorecem um candidato em detrimento de outro.
– O Jornal da Globo se volta para alimentar a tropa, recorrendo a um grupo de “especialistas” cuja origem torna os comentários previsíveis.
– Mensagens políticas invadem os programas de entretenimento, como quando Alexandre Garcia foi para o sofá de Ana Maria Braga ou convidados aos quais a emissora paga favores acabam “entrevistados” no programa do Jô.
A diferença é que, graças a ex-profissionais da Globo como Rodrigo Vianna, Marco Aurélio Mello e outros, hoje milhares de telespectadores e internautas se tornaram fiscais dos métodos que Ali Kamel implantou no jornalismo da emissora. Ele acha que consegue enganar alguém ao distorcer, deturpar e omitir.
É mais do mesmo, com um gostinho de repeteco no ar. A história se repete, agora com gostinho de farsa.
Querem tirar a prova? Busquem no site do Jornal Nacional daquele período quantas capas da Veja ou da Época foram repercutidas no sábado. Copiem as capas das revistas que foram repercutidas. Confiram o conteúdo das capas e das denúncias. Depois, me digam o que vocês encontraram.

14 de abril de 2010

Obama X Berlusconi

Extra Extra Extra!!!

O pessoal da campanha do José Serra foi flagrado literalmente quebrando a cabeça para ver como é que farão para com que ele chegue ao planalto, a foto demonstra o certo nervosismo de sua equipe com as últimas pesquisas de opinião que apontam um empate técnico com Dilma Roussef.

Helloooo

Oi Mãe! Oia eu aqui no blog do Almo!!!!!

13 de abril de 2010

Em Campo Grande, promotor 'condena' aluno violento a prestar serviços em escola

Fonte: O Globo

Em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, o promotor da Infância e da Adolescência, Sérgio Fernando Harfouche, está adotando medidas disciplinares com alunos que praticam atos de violência nas escolas. O promotor está condenando os estudantes indisciplinados à prestação de serviços no próprio estabelecimento. O promotor diz que as medidas são previstas em estatuto.
- O Estatuto da Criança e do Adolescente não fala só de direitos, ele fala também de deveres e orientações. Nós estamos levando à escola a prestação de serviços em troca de maus atos, no lugar de registrar uma ocorrência policial contra esse jovem que não é infrator nem delinquente, ele é um indisciplinado - explicou o promotor de Justiça Sérgio Fernando Harfouche.
Em um ano, pelo menos 3 mil alunos em 50 escolas assinaram um termo de compromisso com a promotoria da infância e juventude. Se forem pegos em atos indisciplinares, serão punidos com a prestação de serviços com o consentimento dos pais. Nos três primeiros meses de aplicação das medidas disciplinares, já houve redução de 60% da violência escolar.


Até o promotor chegam histórias de agressões, ameaças, bombas, brigas de gangues e até tiros na sala de aula. Por e-mail ou telefone, professores se aconselham com a promotoria e os pais autorizam o castigo assinando um termo disciplinar.
- Eu acho que tem mesmo que disciplinar os alunos - disse Eroina Azevedo Barros, mãe de aluno.
- Todo mundo que eu costumo mandar para o promotor, volta uma maravilha - contou o professor Jorge dos Santos.
Tata Souza de Carvalho, de 13 anos, era uma aluna problema e mudou depois de cumprir medida disciplinar na cozinha.
- Eu vim lavar as cumbucas, ajudar a entregar as merendas, recolher vasilhas nas salas - explicou Tata.
Tcharles Souza de Carvalho, de 16 anos. também era da "turma barra pesada".
- Só aprontava e fazia coisa errada - disse ele.
Teve que cumprir muita medida disciplinar.
- Troquei a areia do parquinho, lavei os dois banheiros e varri o pátio - disse ele.
- Eu me encantei pela possibilidade que esse projeto traz do resgate da autoridade do professor, sem autoritarismo - disse a professora Ester Lorusso.
Vice-diretora de uma escola na periferia de São Paulo, Ester luta para implantar o projeto de Campo Grande onde trabalha o quanto antes.
- Hoje a gente já se depara com alunos dizendo que o sonho dele é ser bandido, infelizmente. Eu acredito que a consequência desse projeto pode levar à formação de cidadãos de verdade - disse Ester Lorusso.
Os casos de violência nas escolas se multiplicam e o grau de violência é cada vez mais elevado em todo o país. Em Uberaba, Minas Gerais, um rapaz de 16 anos levou uma facada na porta da escola, na semana passada, ao defender um primo que vinha sendo ameaçado pelos colegas. Em Sobral, no Ceará, um adolescente levou um tiro dentro da sala de aula depois de discutir com um aluno.
Em Marília, no interior de São Paulo, três bombas explodiram numa escola em menos de uma semana. Um menino de 13 anos perdeu um dedo da mão. Em Campo Grande, já houve até troca de tiros e um aluno foi morto diante dos colegas. Foi a gota d'água para que uma grande transformação acontecesse lá dentro.
- Ou se muda ou a gente não vai ter mais porque educar essas crianças nesse modelo de escolarização. Porque onde você tem violência, não tem aprendizado", declarou Renato Alves, pesquisador da Universidade de São Paulo.

Conheça os benefícios do limão

Fonte: Jornal Hoje

Ajuda a emagrecer, melhora a digestão, rejuvenesce e é antiinflamatório. O responsável por todos esses benefícios é um fruto bem azedinho e rico em vitamina C.

Que fama... Mas a designer Cida Barcante nem liga. Todos os dias, ela bebe um suco de limão sem água e sem açúcar e nem faz careta: “Para mim é milagroso, em todos os sentidos. Nunca fiquei resfriada. O limão é o responsável porque eu uso limão desde criança”.

A ciência confirma: o limão é um poderoso aliado da saúde e tem uma variedade impressionante de aplicações.

“A gente pode usá-lo para melhorar a prisão de ventre, artrite rematóide. Doenças autoimunes, como lupus, ele também pode ser utilizado. E o limão pode ser utilizado como coadjuvante no combate da anemia porque melhora a absorção de ferro no organismo”, conta a nutricionista Joyce Moraes

“Eu uso limão pra garganta, uso limão na salada, uso limão no arroz”, diz Cida.

Além de ter pouquíssimas calorias, o limão, ajuda no funcionamento do aparelho digestivo: Então a gente elimina más toxinas e consequentemente emagrece mais rápido”, enfatiza Joyce.

Para emagrecer ou rejuvenescer, pode contar com o limão.

“Ele também tem essas substâncias antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres. Evita o envelhecimento precoce da pele, com certeza”, diz a nutricionista Goreti Albuquerque.

“Se a dica for pra rejuvenescimento a gente pode estar batê-lo com casca e tudo e fazer a típica limonada suíça. Lembrando que você deve fazer a limonada e tomar imediatamente, em média dois copos por dia”, reforça Joyce.

Agora que você já sabe que consumir limão faz muito bem à saúde, preste atenção numa dica importante. Sempre que você espremer, cortar ou manusear o limão, lave bem as mãos. É que em contato com o sol, o caldo do limão provoca manchas na pele.


Veja o Vídeo da reportagem:


 

11 de abril de 2010

Quer rir muito?

Se quiser acesse o link baixo, ele remete ao epísódio de hoje, 11.04.2010 da série "Os Caras de Pau" na integra, eles são impagáveis demais...vão longe com certeza.

10 de abril de 2010

9 de abril de 2010

Para os cuecas de plantão...

Ensaio da bahiana AnaMara desse tal BBB para o site Paparazzo...

Morro do Bumba, Niteroi em 1980

E como sempre, os politicozinhos de merda não sabiam de nada.
Fonte do vídeo: Jornal Nacional

8 de abril de 2010

Niterói - 07 de abril de 2010, 21 horas

Foto: Site Terra

Fico aparvalhado como essas desgraças superam-se uma após a outra.
E como os políticos também se superam em ser abjetos em sua maioria, pois o diabo da mosca azul quando pica é um saco!
E mais ainda, não conheço Niterói muito bem, morei no Rio algum tempo a estudos e nunca tive interesse em ver o que tinha do outro lado da ponte. Meu mano que namorou uma garota de lá um tempinho que conhece bem aquilo tudo. mas o que me surpreende de verdade éo fato de tecerem tantas loas à cidade e a seu "alcaide mor" O Roberto Silveira não é esse o nome? Que até outro dia era pule de dez para o governo do estado? Pois é...Como esse imbecil permitiu (digo isso porque não é a primeira vez que está na prefeitura da cidade) que pessoas humildes se arriscassem morando sobre um aterro sanitário? 
Esse desastre é de uma estupidez sem tamanho! E o pior, além das vidas ceifadas sem pudor, é que não dará nada em termos penais a esses malditos políticos! Quando acho que deveriam enfrentar, no mínimo, um pelotão de fuzilamento.
E o Governador do estado, querendo tirar o seu da reta, diz que o prefeito Eduardo Paes tem que se virar e PROIBIR que pessoas construam em encostas. Será que esse troglodita acredita que elas moram nessas condições porque querem? Porque esse FDP não tem um programa de habitações populares ao invés de inventar de copiar aquela estória de locação de bicicletas? Porra! Fico puto com esses troços, à vera!
É mais do que claro que estas pessoas não tem como arcar com custo de nada, senão não morariam em barracos sobre morros, é lógico!
Como na virada do ano em Angra dos Reis, quando a "poeira" dos fatos baixar, continuará tudo na mesma, infelizmente.
Aqui em minha cidade, Nova Friburgo, região serrana do RJ, não é diferente. Como se trata de uma cidade encravada no meio de vales, a população carente é, literalmente, empurrada para cima dos morros também. Já tivemos mortes, muitas, nessas condições. E mesmo após elas acontecerem, nada foi feito, ou minimamente feito para que tais eventos deixassem de ocorrer.
Há além desses políticos imbecis certas "lideranças" comunitárias que até brigam quando se fala em remover essas pessoas carentes dessas áreas de risco, no Rio acontece isso à toda hora. Mas temos que arranjar uma maneira de construir casas para esse povaréu todo; e creio que a COOPE pode ajudar bastante nessa área, ou algum outro orgão de pesquisa das universidades, pois tenho conhecimento de "n" projetos de residências a custos bastante reduzidos e capazes de serem executadas de forma bastante veloz. Todavia a corrupção entranhada nas esferas públicas impedem que tais novidades cheguem ao mercado. De novo, uma pena.
Deixo por fim uma pergunta: Até quando assistiremos passivamente essas coisas acontecerem sem esboçar reação contra esses canalhas que deveriam zelar pela coisa pública e fazem de conta que não é com eles?

7 de abril de 2010

Diferença entre LCD, LED e PLASMA

Quem está louco para comprar uma TV nova pode estar perdido e não saber por onde começar. Em uma loja online, por exemplo, há 53 modelos diferentes de aparelhos Full HD. Além dos tamanhos variáveis, as opções de recursos abundam. Você pode gravar seus programas, ter um conversor integrado ou ver as fotos do seu celular por um sinal sem fio.

No entanto, o primeiro passo é escolher entre as três principais tecnologias existentes do mercado. LCD, plasma ou LED? Saiba a diferença entre cada uma delas e faça uma boa.


LCD
Tornou-se a tecnologia dominante do mercado. É mais brilhante, sendo ideal para ambientes mais claros. Reflexos vindos de uma janela, porta ou corredor não aparecem na tela e não atrapalham quando você está vendo seu programa favorito. No entanto, dificilmente aparece nos aparelhos superiores a 50”.

Plasma
O brilho é menor, porém o contraste é melhor que o LCD. Alguns modelos podem apresentar manchas no plasma com o passar dos anos, sobretudo quando causado por imagens estáticas, como de jogos de videogame ou logos de televisão. O ângulo de visão é melhor, mas pode refletir sombras vindas de corredores e janelas. A tecnologia é usada em modelos superiores a 50”.

Led
É uma tecnologia que mistura o melhor do LCD e do Plasma, criando televisores super finos. A tecnologia é responsável por contraste de cor bem maior que o Plasma e brilho maior que o LCD. A desvantagem atual está no alto preço desses aparelhos, que chegam a custar R$ 1 mil mais caro que as outras tecnologias.



Fonte: Abril.com  tecnologia

Pará pode ter o maior aquífero subterrâneo do mundo, dizem pesquisadores

Pesquisadores da Universidade Federal do Pará (UFPA) querem comprovar que o aquífero de Alter do Chão - grupo de formações geológicas subterrâneas que pode armazenar e produzir água - possui uma capacidade de produção de água muito maior e com qualidade melhor do que o maior aquífero do mundo, o Guarani, localizado no Paraná. Os pesquisadores trabalham para levantar dados que comprovem a real capacidade do aquífero paraense e elaboram um projeto que será entregue ao Banco Mundial. 

- O aquífero de Alter do Chão pode ser bem menor em termos de área, porém, possui uma espessura maior e uma capacidade de produção de água ainda mais intensa - explicou o geólogo Milton Matta. 

Alter do chão já recebeu o título de melhor praia do Brasil pelo jornal inglês The Guardian. O 'caribe brasileiro', como é conhecida a praia paraense, é o mais famoso balneário do município de Santarém. 

O geólogo, entretanto, faz um alerta:
- Não adianta apenas termos quantidade de água. Precisamos saber usá-la. A água subterrânea é a mais importante que existe em nosso planeta, o problema é que muita gente não sabe como fazer disso um bem - diz o geólogo. 

Os aquíferos são formações geológicas de rochas permeáveis, que permitem o acúmulo de grandes quantidades de águas subterrâneas. O aquífero Guarani, no Paraná, é o maior manancial de água doce subterrânea do mundo. Ocupa 1,2 milhão de quilômetros quadrados entre o Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina. 

Já o aquífero de Alter do Chão possui uma área de 437.500 quilômetros quadrados e uma espessura de 545 metros. Segundo os pesquisadores, a qualidade de água produzida pelo aquífero de Alter do Chão é melhor. Ainda segundo ele, este aquífero pode produzir uma capacidade de água quase duas vezes maior que a do aquífero Guarani.
FONTE: O Globo

6 de abril de 2010

Carro inundado? Veja o que fazer


Desligar o carro e abandoná-lo. Pode parecer absurdo, mas essa é a recomendação tanto das seguradoras quando de especialistas aos motoristas que tiverem seus carros atingidos por alagamentos. Rubens Venosa, engenheiro mecânico e proprietário da oficina Motor Max, alerta que o veículo deve ser desligado assim que a água atinge o assoalho. Caso contrário, ela entrará pelos filtros de ar e afetará o motor, comprometendo as partes internas do carro – o chamado calço hidráulico. “Dependendo da altura em que a água está, até a onda que o caminhão faz quando passa ao seu lado é perigosa”, completa Rubens.

Marcel Baloni, corretor de seguros, dá a mesma orientação aos seus clientes. A Susep (Superintendência de Seguros Privados) estima que, em relação a 2008, houve um aumento de 70% nos casos de danos causados pela chuva. “Algumas seguradoras têm restrições, mas a maioria das empresas com as quais trabalho (Porto Seguro, Allianz, entre outras) cobre prejuízos por enchente, desde que o motorista desligue o carro e não fique insistindo em dar partida”, afirma Marcel. Ele ainda acrescenta que, como a cobertura de cada seguradora varia, o ideal é ficar atento às condições gerais do contrato ou consultar o corretor.

Segundo o engenheiro mecânico Ricardo Bock, só é aconselhável seguir com o carro por uma via alagada se a água ainda não tiver alcançado metade na roda. “Nessa situação, o motorista deve andar em primeira marcha, na faixa de torque ideal do motor”, afirma.

A viabilidade da recuperação de um carro atingido pela enchente depende do valor do veículo, da existência de seguro e do alcance dos danos. O motor não é a única parte do carro que pode ser comprometida pela água. Rubens Venosa explica que o conserto da mecânica é simples, porque envolve apenas a limpeza de peças e a troca de lubrificantes. O problema maior ocorre quando a parte eletrônica é atingida, pois isso pode significar a perda do módulo eletrônico, que, em alguns carros, chega ao valor de 20 mil reais.
 

César Alves é funcionário da área comercial da Saddy Motores, uma das maiores retíficas de São Paulo, e diz não ter recebido nenhum automóvel com calço hidráulico neste ano. “Os carros atingidos pelas últimas enchentes estão sofrendo perda total. Quando o carro boia, por exemplo, não pega só o motor. É o carro inteiro. Não dá para recuperar”, afirma César. Ele acrescenta que a recuperação do motor de um carro nacional popular fica por volta de R$ 3.400 e leva de sete a dez dias.

Não são apenas os veículos em movimento que são vítimas das enchentes. Marco Rossi teve seu carro atingido no estacionamento do seu local de trabalho, no dia 20 deste mês. A água invadiu o automóvel até uma altura de aproximadamente 10 cm. “Eu não sabia se tinha afetado a parte elétrica e o motor, mesmo assim resolvi arriscar e ligar. Deu tudo certo. Só tive que retirar a água, pacientemente, com o tapete”, lembra. Apenas o assoalho e o forro das portas e laterais foram danificados e tiveram que ser trocados. O carro ainda está sendo reparado.

André Silva, analista de sistemas, também teve uma triste surpresa ao buscar seu carro na oficina, em dezembro de 2008. “Trabalho ao lado do lugar onde o carro estava. Aparentemente, era um local seguro e o carro estava no elevador hidráulico para troca de óleo. Mas a água da chuva ultrapassou os 2 metros e nenhum funcionário acionou o botão que suspenderia e salvaria o veículo”, lembra André.

A água danificou a parte elétrica do carro, o kit de som, o tambor traseiro e a pastilha de freio dianteira. Ele tinha seguro, mas não compensava acioná-lo, pois a franquia era superior ao valor dos reparos.

Alguns prejuízos apareceram depois. Por causa do contato com a água, o escapamento e a válvula de liberação do líquido de arrefecimento enferrujaram e precisaram ser trocados. “Foi a primeira vez que meu carro foi atingido pela enchente e espero que tenha sido a última”, desabafa André. 

Fonte: Auto Esporte 

Rubens Barrichelo diz que imprensa “esculacha” seu trabalho

"O piloto Rubens Barrichelo criticou a imprensa por interpretar mal um comentário que fez sobre o carro da Williams no GP da Malásia, no último domingo, e pelo tratamento que a mídia dá a seu trabalho.
"Após a prova em uma entrevista coletiva fiz uma brincadeira com o (Lucas) Di Grassi que precisávamos melhorar muito nossas 'porcarias' pra chegar no nível do então novo líder e nosso amigo Massinha (Felipe Massa). Foi total descontraído e quem viu ao vivo sentiu exatamente isso", explicou. O piloto disse que apenas comparou o desempenho do FW32 com a Ferrari de Massa.
Barrichello reclamou das críticas que recebe no Brasil e citou, em contraponto, como Karun Chandhok é tratado na Índia. "E não é que novamente algumas pessoas da imprensa pegaram pesado falando que falei mal da equipe. Ah minha gente, chega com isso... enquanto Karun Chandhok chega em 15º e seu país lhe bate palmas olhando o lado bom do copo, alguns indivíduos no Brasil ainda teimam em olhar o outro lado do copo e esculachar o piloto", afirmou."

Fonte: Estadão

Gosto do Barrichello, mas às vezes  um zíper na boca, e fechado, não lhe faria nada mal! Putz!

Globo News ao Vivo

Mais uma boa opção que quase ninguém fica sabendo se não "fuçar" a internet.
Através do link abaixo você pode assistir full time a programação da Globo News, com zero de custo! Desde que descobri vejo os excelentes telejornais do canal, com destaque para o Jornal das 10 que, claro vai ao ar as 22 horas. Portanto copie o link e cole em seu navegador, e se esbalde! Vale à pena.

 

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM61910-7823-GLOBO+NEWS+AO+VIVO,00.html

Chuvas no Rio

 


 




Novamente o céu desaba sobre uma megacidade brasileira, até agora, 16:20 em que escrevo, circula a informação que 79 vidas foram perdidas pela inépcia governamental de sempre. O Gov. Sérgio Cabral já disse (estão nas edições online dos jornais) que as pessoas que moram em encostas devem "ser conscientizadas" para que saiam de lugares de risco...ou seja, a mesma merda de ladainha de sempre; empurrando o problema com a barriga, mais vidas são ceifadas e ainda serão, pois pobre não costuma ter opção de moradias, ele aliás não mora, esconde-se! E como dão votos prá cacete, deixem eles lá, prá que mudar esse status quo infame? Obrigá-los a sair de lá (sem indicação de melhor lugar prá se morar) é dar um tiro no pé, politicamente falando (até um interno psiquiátrico sabe disso) e por isso só ficam de blá blá blá e nada de concreto fazem. Que aqueles que perderam a vida possam descansar em paz.

5 de abril de 2010

Globo de Quem?

fonte: Kibeloko

Se os circos daqui dizem que “Globo da Morte” é um simples motoqueiro acelerando na parte interna de uma jaula esférica de aço, como deveriam chamar isso aqui?

Eis a vantagem da superpopulação na Índia: vida é completamente descartável.

"Pracas desse Brasiusão!" (ooops!)

fonte: Kibeloko













Mulher quase mata namorado sufocado com os seios

Fonte: "O Globo"

Um homem quase morreu sufocado entre os seios GGG da namorada durante uma relação sexual.  
Claire Smedley interrompeu o "intercurso amoroso" ao perceber que o amado estava muito parado. E estava mesmo: Steven não estava mais respirando!

Claire, de 27 anos, ocupa o segundo lugar no ranking dos maiores seios do Reino Unido - quase 13 quilos! Ela desabafou ao "News of The World".

"Ele começou a se descontrolar, mas achei que fosse por estar muito excitado. Então eu continuei. Poucos minutos depois percebi que ele tinha parado de se mexer", contou Claire.

Desesperada, a inglesa ligou para a emergência médica. Por sorte, Stven, também de 27 anos, voltou a respirar antes da chegada do socorro.

A relação não resistiu ao susto e, três meses após o "acidente", Claire e Steven se separaram.

Há 30 anos, o Brasil voltava a vencer na F1

Texto do jornalista Márcio Arruda do Jornal do Brasil:
A temporada de 1980 da Fórmula 1 foi marcante para o Brasil. Foi neste distante ano que o Brasil voltou a ter alegrias na categoria. Depois da empreitada de Emerson Fittipaldi na construção de sua própria equipe na F1, o país passou por um jejum que já durava quase cinco anos. A última vitória tinha sido no GP da Inglaterra de 1975, com a McLaren de Fittipaldi.

O campeonato mundial de F1 de 1980 começou com muitas incertezas. Emerson, que ainda estava às voltas com os infindáveis problemas com sua escuderia, era o grande nome do Brasil. Havia, também, um jovem brasileiro que iniciava seu segundo campeonato da categoria.

Surpreendentemente promovido a primeiro piloto da Brabham, Nélson Piquet se viu “sozinho” no time de Bernie Ecclestone depois da aposentadoria da estrela da companhia Niki Lauda – que retornaria à categoria em 1982. Uma verdadeira aposta, já que o brasileiro só havia feito três pontos na temporada anterior, no Grande Prêmio da Holanda.

Depois de um pódio na corrida de abertura, em Buenos Aires, a Brabham não se encontrou nas duas seguintes – 19° em Interlagos, São Paulo, e 4° em Kyalami, África do Sul.

A quarta etapa foi o Grande Prêmio dos Estados Unidos (Oeste), marcado para o dia 30 de março nas ruas de Long Beach. O fim de semana começou bem para a Brabham, com Nélson cravando a primeira pole-position de sua carreira (1min17’694). Na largada, Piquet dividiu a primeira curva com o Renault de René Arnoux e fez prevalecer sua posição de largada.

O domínio da Brabham número 5 foi indiscutível durante as 80 voltas do Grande Prêmio; tanto que Piquet fez a melhor volta da prova – 1min19’83 – e colocou uma volta no inglês John Watson (McLaren), no campeão Jody Scheckter (Ferrari) e no francês Didier Pironi (Ligier), quarto, quinto e sexto lugares, respectivamente. O hat trick (conhecido por nós, brasileiros, como barba, cabelo e bigode) selou o fim de semana perfeito para Nélson.

No pódio, Piquet teve a companhia do ídolo Emerson Fittipaldi; o nosso bicampeão, que largou em 24° em Long Beach, fez excelente prova e terminou em terceiro. Entre eles, o italiano Riccardo Patrese, de Arrows. A vitória de Nélson alavancou o brasileiro à condição de talento da Fórmula 1. Naquele ano, o brasileiro venceu mais dois GPS (Holanda, em Zandvoort, e Itália, em Ímola) e ficou com o vice-campeonato. Um bom começo de carreira para o nosso tricampeão, que chegou 23 vezes em primeiro, colecionando 24 poles e 23 voltas mais rápidas.

4 de abril de 2010

F1 Malásia


Vendo a foto de Sebastian Vettel dando pulinhos por ter ganho hoje na Malásia, me lava a crer que está nascendo mais um ídolo da categoria. Ele é muito bom piloto (humilhou Weber na largada), e sem muitas delongas, despachou todos que vinham a  seguir, fantástico.
Massa deu uma "cagadinha" com a quebra de Alonso, mas ficar fedido de vez em quando também é  bom.
Barrichello de novo não consegue sair na largada e cai prá última posição, enquanto Hulkenberg fez seus primeiros pontos na F1; gosto muito do Barrichello, mas alguma merda ele fez....ahh se fez.
Os outros brasileiros precisam abrir o olho, tanto De Grassi quanto Senna estão tomando chocolate de seus companheiros de equipe...e as viúvas de Senna devem estar inconsoláveis, pois além do carro da Hispania ser uma bosta, esse "sobrinho" é pior ainda, como eu já disse antes, competencia não é hereditário. Quem acompanha automobilismo pode ver que, na GP2 ele foi apenas mediano, e sendo-se mediano não se chega a lugar algum na F1.
É isso, que venha o GP da China daqui a duas semanas.

3 de abril de 2010

Dicas para a Saúde de seu carro

Interessante link com dicas preciosas, do jornal O Globo, vale à pena. Copie e cole em seu navegador e...boa viagem!

http://www.oglobo.com.br/servicos/pop_infografico.asp?p=/rio/transito/info/dicas/dicas.swf&l=740&a=480

Ovos de Páscoa são para Trouxas, veja a comparação.

Brasileiro paga 9 vezes mais que americano pelo Honda Civic

Retirado do site BlogAuto.

O site Fast Driver apurou uma matéria interessante que demonstra como o brasileiro paga caro pelo automóvel nacional. Comparando o Honda Civic  LXS automático, modelo que é praticamente idêntico tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos, o site chegou à conclusão que  nós pagamos proporcionalmente nove vezes mais que o americano pelo mesmo produto.
Na ponta do lápis, o Civic nacional custa o dobro do americano: são cerca de US$ 39 mil contra pouco mais de US$ 19 mil do fabricado nos EUA. Ocorre que o custo de produção brasileiro deveria ser menor já que nossa mão de obra é mais barata e o volume de vendas aqui não é desprezivel – são mais de 50 mil unidades por ano contra 260 mil nos EUA.
Mas é aí que o Fast Driver decidiu comparar o poder de compra do brasileiro e do americano. Enquanto nós ganhamos em média apenas US$ 10 600 dólares por ano, o norteamericano recebe US$ 46 400. Ou seja, na teoria ele paga um Civic em apenas 155 dias, já o brasileiro leva nada menos que 1380 dias ou quase quatro anos para quitar seu Honda.
Será que resta alguma dúvida que tem muita gente ganhando dinheiro nesse país?

A Globo e os Retardados

A Rede Globo usa com frequencia espantosa um  formato idiota de mistério e coisa proibida que é quase uma imposição da pesquisa de mercado sua sobre o seu espectador médio, um leve traço de retardamento mental ( acho que nem tão leve assim) captado em um público que é capaz de fazer dezenas de milhões de ligações – PAGAS!!!! – para um abominável programa chamado BBB, não pode ser desconsiderado pelos e$pecialista$ da emissora, portanto a culpa maior ainda recai para o público, as transmissões da F1 estão um porre! A cada vez que abre a boca diz cada asneira, que aquele que só acompanha esportes por esse maldito canal fica sempre com falsas impressões, cito como exemplo o mediano Felipe Massa que, aos olhos de Galvão, é o cara, quando na realidade vem tomando chocolates frequentes de Fernando Alonso (infelizmente para nós torcedores brasileiros, mas que faz parte já que Alonso é bicampeão do mundo não à toa). Mas vou isentar o mala do Galvão Bueno desta desastrada e infeliz formatação de uma inovação dentro da grade que tem tudo para ser interessante, é a ditadura da maioria burrra. tal e qual a unanimidade...

1 de abril de 2010

Chacretes

Quem não se lembra dessas "deusas "esculturais inventadas pela mente louca e genial de Abelardo Barbosa, o Chacrinha, nos anos 60?
Confira algumas dessas estórias, contadas por elas mesmas, e a primeira, a mais famosa de todas: INDIA POTIRA.
Deguste, pois acho que vale à pena.



















Stallone "in" Rio de Janeiro

Lembra das filmagens ano passado no Rio, com a delicia da Gisele Itiê?
Pois é, o filme estreia em setembro por aqui, oia o trailer dele.